Comunicado

18/05/2022

Enem 2022

Não Perca tempo!!!

Prazo para cadastro segue até 21 de Maio.
 

A taxa de inscrição do Enem 2022 custa R$ 85 e poderá ser paga até 27 de maio. Uma das novidades desta edição é que o pagamento também pode ser feito via Pix e cartão de crédito, além de agências bancárias, agências dos Correios, internet banking e aplicativos de bancos.

clique aqui e Inscreva-se no Enem 2022 

Solicitações de isenção de taxa de inscrição e justificativas de ausência de candidatos que ganharam a gratuidade mas não puderam comparecer às provas já foram recebidas. A lista de contemplados já foi divulgada

Estudantes que estão cursando o ensino médio e não vão conclui-lo ao final deste ano podem se inscrever no Enem na condição de treineiros. Nesse caso, os alunos farão o exame educacional apenas para conhecer as provas, uma vez que não podem concorrer a uma vaga no ensino superior.

Como se inscrever no Enem 2022?

O primeiro passo para fazer a inscrição no Enem 2022 é criar um cadastro no portal gov.br. Quem já tiver login e senha nesse site já pode ir direto à Pagina do Participante. Em seguida, os estudantes devem inserir as seguintes informações:

  • Documentos como CPF e RG
  • Dados pessoais, como sexo, cor/raça, estado civil e nacionalidade
  • Cidade e estado de nascimento
  • Língua Estrangeira (Inglês ou Espanhol)
  • Questionário socioeconômico
  • Contato e senha
  • Foto de rosto nítida em fundo branco

Enem Digital

Assim como na última edição do Enem, nesta também são oferecidas 101.100 vagas para estudantes que optarem por fazer provas no formato digital. Os interessados nessa modalidade devem sinalizar a opção no momento da inscrição.

quantidade de vagas do Enem Digital 2022 é a mesma desde 2020, ano de estreia do formato de provas pelo computador, contrariando a proposta inicial do Ministério da Educação (MEC) de que haveria aumento gradativo das vagas.

As provas do Enem Digital serão realizadas no mesmo dia que o Enem Impresso. A única diferença é que os inscritos farão os testes objetivos no computador. A redação deve ser escrita à mão.

Atendimento especializado

Durante o mesmo prazo de inscrições para o Enem 2022, estudantes podem solicitar atendimento especializado para as provas. O resultado desses pedidos será divulgado no dia 7 de junho. Recursos serão recebidos e o resultado final será informado no dia 22 do mesmo mês.

Podem pedir atendimento especializado no Enem estudantes que se encaixam nas seguintes situações:

  • Gestantes e lactantes;
  • Idosos;
  • Pessoas em classe hospitalar;
  • Pessoas com deficiência auditiva, surdez, cegueira, baixa visão, deficiência física, entre outras.
 
Nome Social
 
O participante transexual, travesti ou transgênero que quer ser reconhecido socialmente pela sua identidade de gênero e que já tem o respectivo nome cadastrado na Receita Federal será identificado pelo nome social no momento da inscrição. Contudo, será necessário confirmá-lo na Página do Participante, entre os dias 23 e 28 de junho.

Os estudantes que não têm nome social cadastrado na Receita Federal também podem solicitar o tratamento no Enem 2022 entre os dias 23 e 28 de junho. O resultado preliminar sairá em 5 de julho e o final, no dia 15 seguinte.

Provas

Os inscritos farão as provas do Enem 2022 em dois domingos consecutivos, nos dias 13 e 20 de novembro em várias cidades do Brasil. Haverá opção de fazer testes impressos e digitais.

A previsão é que o cartão de confirmação de inscrição, no qual serão informados os horários e os locais onde serão aplicadas as provas, seja liberado em outubro.

Veja abaixo a distribuição das provas:

13/11, das 13h às 19h: redação + 45 questões objetivas de Ciências Humanas + 45 questões de Linguagens
20/11, das 13h às 18h30:  45 questões objetivas de Matemática e 45 de Ciências da Natureza

 

Documentos

A edição de 2022 do Enem aceitará documentos digitais para identificação dos participantes nos dias das provas. Entre eles estão e-Título, Carteira Nacional de Habilitação (CNH) Digital e RG Digital, desde que apresentados nos respectivos aplicativos oficiais. Capturas de telas (prints) não serão aceitas. 

Por que fazer o Enem?

Hoje, o principal motivo para fazer o Enem é usar as notas para ingressar em instituições de ensino superior. Algumas delas realizam vestibulares específicos que aceitam o desempenho do exame educacional.

O Ministério da Educação (MEC) conta com três programas de acesso a universidades. Confira:

  • Sistema de Seleção Unificada (SiSU): vagas em instituições de ensino públicas
  • Programa Universidade para Todos (ProUni): bolsas de estudo em universidades particulares
  • Fundo de Financiamento Estudantil (Fies): financiamentos em instituições privadas

Fonte: Brasil Escola